Uma temporada especial está sobre nós e é sábio prestar atenção ao tempo e à época em que estamos entrando. Estamos agora no segundo Adar, o mês anterior ao novo mês bíblico de Nissan, que marca o ano novo bíblico. Estamos agora nas vésperas de Purim, cujo jejum começa no dia 21 de março e termina no dia 23, que então gera da celebração do Purim da vitória do povo judeu sobre aqueles que os desejavam mortos em todo o Império Babilônico. Agora é a hora de declarar e decretar a vitória de Adonai sobre sua vida, família e país. É hora de resistir quando outros falam de derrota e retirada, lembrar das promessas de Deus sobre sua vida, sua família e ainda mais. Este não é um ponto baixo, mas uma oportunidade para permanecer e avançar na fé para a glória de Deus e na recusa de aceitar a derrota contra o inimigo quando o Senhor poderoso na batalha está com você e por você.

A guerra assola em muitos lugares da terra, incluindo Israel, tanto aberta como secretamente, vocês foram posicionados hoje como Ester para um momento como este fazer uma petição pessoalmente ao Rei dos reis pelo sangue de Yeshua. Ouça hoje em seus ouvidos o chamado de Mardoqueu, como Ester, “Pois se você permanecer em silêncio neste momento, a libertação e o resgate surgirão para os judeus de outro lugar, e você e a casa de seu pai perecerão [já que você não ajudou quando teve a chance]. E quem sabe se você alcançou a realeza em uma época como esta [e exatamente para esse propósito]?” (Ester 14:14-15). Seja no natural, no espírito ou em ambos, você alcançou a posição de filho ou filha de Deus para pedir ao Rei da glória, uma posição que lhe concede acesso ao trono de Deus. Agora é a hora de chegar diante do Deus Altíssimo na unidade do Espírito Santo, de buscar o coração do Pai e de concordar com ele aqui e agora na terra como no céu. Não faça pouco deste momento, porque o inimigo está se movendo rapidamente, e agora é a hora de ver os movimentos proativos que Deus fez e que fizeram com que o inimigo se movesse como tal e dizer sim e amém ao Seu plano e propósitos. Ele é por nós e conosco, Ele é Emanuel (Deus conosco) e estamos sendo chamados para sermos parceiros uns dos outros na unidade do Espírito Santo.

Ao entrarmos nesta nova época, é imperativo que também estar orando por Israel à medida que entramos numa nova fase da guerra. Um movimento sem precedentes do exército do Hezbollah deslocou-se para a fronteira de Israel e o ataque a Hospital Shifa em Gaza e o seu sucesso desencadeou uma reacção para tomar esta medida. Não há mais desenvolvimentos até agora, mas as tensões são maiores do que nunca. Por favor, ore pela paz em Israel e para que não haja ressurgimento do Hamas ou ataque do Hezbollah. Adonai te abençoe e te guarde!

Fique Atento

descentralizado

Comente e dê-nos seu feedback

Todos os direitos reservados

pt_BRPT