BEM-VINDO À TEMPORADA PROFÉTICA DE ADAR

Sejamos como os filhos de Issacar, “homens que entendiam os tempos e sabiam o que Israel deveria fazer” (1 Crônicas 12:32). Por que Deus em Gênesis 1:14 diz: “Haja luzes na abóbada do céu para separar o dia da noite, e que sirvam de sinais para marcar os tempos sagrados, e os dias e os anos” se não estivéssemos significa ter uma compreensão dos tempos em que vivemos? Deus quer que saibamos o que está acontecendo e o que está prestes a acontecer, e isso fica claro de Gênesis a Apocalipse. Vamos ter um vislumbre do que o Grande Eu sou está nos contando neste mês.

Adar, é o décimo segundo e último mês do calendário bíblico. Este mês vai de 16 de fevereiro a 16 de março e é conhecido como o mês de maior alegria para os israelitas, pois é nesse mês que se comemora o feriado de Purim no dia 14 de Adar. Esta festa comemora o resgate da aniquilação completa do povo de Israel registrado no livro de Ester. Em suma, Hamman, arqui-inimigo dos israelitas e confidente mais próximo do rei da Pérsia naquela época, planejou a destruição total dos israelitas por meio de um decreto real. Ester, uma menina judia órfã, criada por seu tio Mordechai, um escriba nas cortes do rei da Pérsia, tornou-se rainha da Pérsia pela graça de Deus. Pela insistência de Ester por meio de uma estratégia delicada e intervenção divina, Hamman foi executado, Mordechai ficou atrás apenas do rei na Pérsia e, em vez de os israelitas serem completamente destruídos, eles receberam dois dias para destruir aqueles que planejaram a destruição e conquistou a vitória total sobre os inimigos em todo o império persa. Desde esse evento, a festa de Purim é celebrada todos os anos durante o mês de Adar. Também é interessante notar que o aniversário de Moisés e o dia de sua morte foi no sétimo dia de Adar, e também é o último mês antes de Israel ser levado para fora do cativeiro no Egito.

Este é o estágio para quebrar o veredicto do inimigo de nossas vidas. Fazemos isso tomando a autoridade que temos através do sangue de Jesus (poder da ressurreição), subindo e trazendo nossos casos ao tribunal do céu por meio de oração e intercessão. É tempo de ouvir o Ancião de Dias proferindo Sua sentença de favor e libertação para nós, os santos do Deus Altíssimo. Isso causará uma mudança em nossas vidas quando o caso for resolvido no tribunal do céu e Sua sentença se manifestar aqui e agora. “O Ancião de dias veio, e o julgamento foi dado aos santos do Altíssimo; e chegou o tempo em que os santos possuíam o reino”. (Daniel 7:22).

NAFTÁLIA

A tribo de Naftali está representada este mês. Naftali é filho do servo de Rachel, Billhah. O nome Naftali significa “Minha luta ou Minha luta”, referindo-se ao relacionamento de Raquel com Lia. A tribo de Naftali controlava a maior parte da Terra no norte de Israel ao redor do Mar da Galiléia, e teve uma história muito sombria, estando entre as primeiras tribos a serem deportadas pelos invasores assírios 700 anos antes de Cristo. Na verdade, eles foram quase sempre um dos primeiros a serem atacados em tempo de guerra. Em Isaías 9:1, 2 vemos o quão ruim deve ter sido para a tribo de Naftali, mas também a promessa de alegria que vem depois.

“Mas não haverá mais tristeza para aquela que estava angustiada [porque com o julgamento vem a promessa da salvação]. Antigamente Ele tratou a terra de Zebulom e a terra de Naftali com desprezo, mas mais tarde Ele os fará honrados [pela presença do Messias], à beira do mar, do outro lado do Jordão, Galiléia do os gentios. As pessoas que andam nas trevas [espirituais] verão uma grande Luz; aqueles que vivem na terra escura, a Luz brilhará sobre eles”.

De fato, esta palavra foi cumprida quando Jesus, durante Seu ministério de três anos, viveu em Cafarnaum, no Mar da Galiléia, que está registrado em Mateus 4:13-15.

Este mês suas lutas desaparecerão, substituídas pela alegria prometida, o Príncipe da Paz em sua vida. Assim como no Salmo 68:27, onde Naftali, Zebulom, Judá e Benjamim são escolhidos para participar da procissão de adoração seguindo o Senhor em Seu santuário na Nova Jerusalém, assim você, com suas lutas, abrirá caminho para o Rei dos reis em seu vida.

CERVO (traseiro)

Gênesis 49:21 “Naftali é uma corça solta; ele dá boas palavras.” A corça é um cervo fêmea que atingiu a maturidade para ter filhos e ser capaz de protegê-los. A traseira representa liberdade e rapidez. Um cervo nunca olha para baixo enquanto corre a toda velocidade, sempre com a cabeça erguida, sempre atento ao seu entorno. Eles são firmes mesmo nos terrenos mais difíceis. “O Senhor Deus é a minha força, e fez os meus pés como os da corça, e me faz andar nos meus lugares altos” (Habucuque 3:19). “Os passos de um homem [bom e justo] são dirigidos e estabelecidos pelo Senhor, e Ele se deleita em seu caminho [e abençoa seu caminho]” (Salmo 37:23).

Este mês é o “moed” (tempo designado) para confiar em Deus mais do que nunca para guiar nossos passos para que possamos nos concentrar em Seu propósito para nós. Enquanto corremos com o Espírito Santo, não devemos nos esquecer de beber de Suas águas vivas. “Como a corça anseia pelas correntes das águas, assim a minha alma anseia por ti, ó Deus” (Salmo 42:1). Os tempos que Isaías uma vez profetizou estão aqui e agora! O Reino está próximo! “Então o coxo saltará como um cervo, e a língua do mudo gritará de alegria, porque as águas romperão no deserto e os rios na Arabá” (Isaías 35:6).


AMETISTA

O mês de Adar também é representado pela Pedra Ametista que é uma linda pedra naturalmente roxa. O roxo tradicionalmente denota a realeza, pois era uma cor de corante muito rara e extremamente cara de fazer, usada quase exclusivamente pela realeza. Podemos ver isso claramente demonstrado em Ester 1:6 e 8:15. De acordo com (Êxodo 28:19; 39:12) A ametista púrpura é a terceira pedra na terceira fileira do Éfode usado pelo Sumo Sacerdote. Nunca devemos esquecer quem Elohim nos chamou para ser, porque somos muito amados e criados para a grandeza. “Vós, porém, sois geração eleita, sacerdócio real, nação santa, povo exclusivo de Deus, a fim de proclamardes as virtudes daquele que vos chamou das trevas para a sua maravilhosa luz” (Apocalipse 21:20). Esta é a época para dar um passo adiante no chamado do sacerdócio real que é o chamado de todo crente.

A Ametista é a décima segunda pedra fundamental dos muros da nova Jerusalém no novo Milênio (Apocalipse 21:20). A palavra hebraica para Ametista é “achlamah”, que significa a pedra preciosa agora conhecida como Ametista. É derivado da raiz “chalam”, que significa sonhar, e por isso é muitas vezes referido como a “pedra dos sonhos”. Esteja preparado para ter um mês de sonhos e visões proféticas. Yeshua revela Seus planos para nós com muita frequência em sonhos e visões. Não devemos considerar nossos sonhos como um mero pensamento posterior, mas pedir ao Espírito do Senhor que lhe dê a interpretação de seus sonhos e visões como Ele fez com Daniel.

Ele quer que peçamos, busquemos e batamos para que Ele possa nos responder, nos mostrar e abrir a porta. “Nos últimos dias, diz Deus, derramarei meu Espírito sobre todas as pessoas. Teus filhos e filhas profetizarão, teus jovens terão visões, teus velhos terão sonhos” (Atos 2:17). A importância dos sonhos e visões proféticos não pode ser exagerada. Se o Messias quer revelar nosso chamado, ou qualquer coisa através de um sonho ou visão, devemos estar prontos e dispostos a pedir e receber a interpretação correta.

PEIXES

A constelação do mês de Adar é Peixes, representado como dois peixes no céu noturno. Peixes representa a multiplicação e a descoberta dos tesouros nos lugares escondidos. A provisão sobrenatural é o normal para o Rei Jesus. “Jogue sua rede no lado direito do barco e você encontrará um pouco.” Quando o fizeram, não puderam puxar a rede por causa do grande número de peixes” (João 21:6). Com o Deus da criação, tudo o que precisamos e muito mais está prontamente disponível. Em Mateus 23:17 o primeiro peixe que pegaram, Jesus disse para tirar da boca a moeda de ouro para pagar os impostos devidos.

Em Mateus 14:13-21 Jesus alimenta 5.000 homens mais mulheres e crianças com dois peixes e três pães com alguns de sobra. Através da fé em Yeshua vem a multiplicação sobrenatural e os tesouros escondidos são revelados. Quando temos fé em nós mesmos, somos como peixes fora d'água com falta de ar, mas quando temos fé Nele, nadamos em Suas águas vivas, constantemente revigorados e cercados por Seu Perfeito Amor e provisão.

Este mês será repleto de provisão e revelação física e espiritual para aqueles que optarem por mergulhar em águas mais profundas. O que antes era impossível em sua mente se tornará o novo normal, e o profundo continuará a chamar o profundo. A presença do Espírito Santo o encherá até transbordar e a maneira como você vê o mundo começará a mudar, pois tudo o que você faz, diz, vê e ouve mudará da perspectiva do mundo para a perspectiva do Pai.

KUF

A letra Kuf é a décima primeira letra do alfabeto hebraico que representa o mês de Adar. Significa abrir, e a imagem da carta é uma mão aberta. A palavra “Kadosh” começa com Kuf, significando santidade, que distingue Deus de tudo o mais. O número relacionado à letra Kuf é 100 que significa multiplicação e um tempo para receber as promessas de Deus. Abraão tinha 100 anos quando Sara deu à luz Isaque, um cumprimento da promessa de Deus (Gênesis 17:16-19). “Isaque plantou naquela terra e no mesmo ano colheu cem vezes mais, porque o Senhor o abençoou” (Gênesis 26:12). Mesmo na terra dos filisteus, Deus abençoou Isaque 100 vezes.

O Senhor está dizendo que a espera acabou, este mês é o momento de crer e receber as 100 vezes as bênçãos que preparei e prometi para vocês... irmãos fiéis.


inscreva-se em nossa lista de e-mails e Atualizações

Assine

Comente e dê-nos seu feedback

Todos os direitos reservados

pt_BRPT